shutterstock_9949654

Exija o seu teste de mecha!

outubro 21, 2016 Por: M. Karrari - Nenhum Comentário

Ninguém quer passar pela terrível sensação de perder os cabelos em algum procedimento químico. Trata-se de um momento complicado e doloroso tanto para o cabeleireiro, que está colocando a sua profissão em jogo, quanto para a cliente, que ficará frustrada, arrependida e com a autoestima abalada. Já fizemos um post sobre corte químico aqui no blog e sabemos que essa situação não é nada fácil. Por isso, todo cuidado é pouco e o teste de mecha, antes de qualquer processo químico, é indispensável.
Quando uma química incompatível é colocada sobre outra, ou quando a fragilidade dos fios é ignorada ao fazer o procedimento, o resultado será certamente catastrófico no mesmo dia ou dias após o processo – eis o temido corte químico. E é justamente para evitar que isto aconteça que o teste de mecha existe.
Realizar o teste de mecha antes de qualquer química capilar é algo necessário para observar as condições do fio. Através deste simples procedimento é possível prever a quebra, analisar a elasticidade e até mesmo prevenir um possível corte químico. A fragilidade extrema do fio é outro ponto importante que também pode ser observado através do teste, bem como o tempo de pausa necessário à aplicação de determinados produtos; ou ainda, por onde começar a aplicar o descolorante e se o tom descolorido está de acordo com as expectativas dos clientes antes de partir para a descoloração total ou para as mechas.

São muitos detalhes importantes, não é mesmo?
Então não abra mão, a realização do teste de mecha é muito simples. Vamos conferir?

PASSO A PASSO

1 – Na parte inferior da nuca, puxe uma pequena mecha.
2 – Prenda o restante do cabelo e pegue uma faixa de papel alumínio para apoiar a mecha durante a aplicação do produto.
3 – Aplique o produto em toda a mecha.
4 – Dê o tempo de pausa necessário para a obtenção do resultado.
5 – Após o tempo de pausa, lave normalmente a mecha para retirar todo o produto.
6 – Observe os resultados.

OBSERVANDO OS RESULTADOS

O fio ficou elástico? Houve muito ressecamento, quebra ou dano? A mecha manchou em determinados trechos? Se os resultados foram agressivos demais e a estrutura da fibra está comprometida, é hora de rever os cuidados e esquecer a química, pelo menos por enquanto. Invista em tratamentos potentes de acordo com as necessidades dos seus fios e vá recuperando aos poucos. É melhor encontrar meios alternativos de dar aquele up tão desejado no visual do que mudar radicalmente sem pensar nas consequências e depois ter tufos e mais tufos de cabelos ao chão.

Exija o teste de mecha! Não tenha medo ou vergonha de pedir, esse é um direito seu e não deve ser negado. Não brinque e nem deixe que brinquem com a saúde das suas madeixas, muito menos com a sua autoestima.