shutterstock_259146884

pH do cabelo

outubro 4, 2016 Por: M. Karrari - Nenhum Comentário

A saúde e a beleza dos fios está diretamente relacionada a uma série de fatores, como: boa alimentação, proteção adequada contra o sol, o vento e a alta temperatura proveniente de chapinhas e secadores, além de cuidados especiais com o couro cabeludo. Fora estes e tantos outros, existe um fator crucial que poucas pessoas tomam conhecimento; o pH.
Para que os cabelos se mantenham fortes, macios e com brilho, é necessário garantir cutículas seladas, preservando a estrutura interna. E para que as cutículas estejam seladas, o pH das madeixas deve estar em torno de 4,2 a 5,8.
Mas afinal de contas, o que é pH?
pH é a sigla para potencial de Hidrogênio, ou seja, está relacionado à concentração de íons H+ no meio. Para simplificar, o pH tem a finalidade de indicar se o meio em questão está ácido, neutro ou básico, e este ‘’meio’’, no nosso caso específico, é o cabelo. A acidez, neutralidade ou alcalinidade, identificada através de uma escala que vai de 0 a 14, determinará a situação dos fios.

Até 6,9 o pH é ÁCIDO; em 7,0 o pH é NEUTRO; a partir de 7,1 o pH é ALCALINO ou BÁSICO

‘’Fiz um procedimento químico nos fios e eles ficaram porosos e ressecados. Isso tem a ver com o pH?’’

Sim. Qualquer produto que modifique a estrutura original dos fios terá um pH alcalino, ideal para abrir as cutículas e chegar até o córtex. Por exemplo, ao descolorir, os pigmentos presentes no córtex serão removidos, e para que isso ocorra, as cutículas precisam estar bem abertas. O mesmo vale para procedimentos de alisamento, que reorganizarão as ligações cistínicas da fibra no sentido de proporcionar aos fios um novo formato – liso e chapado.
O problema é que, mesmo após finalizado os processo químico, as cutículas tendem a continuar abertas se não houver um tratamento realmente eficiente para resolver a situação, o que ocasiona a perda de nutrientes essenciais e de água, conferindo um aspecto ressecado, poroso e quebradiço ao cabelo. Isto significa que os fios estão com o pH alcalino e precisam ser normalizados.

”Mas como normalizar o pH dos fios?”

Para normalizar o pH dos fios, isto é, fazer com que fique levemente ácido, é importante utilizar produtos que contenham pH em torno de 4,2 a 5,8, principalmente máscaras e condicionadores, pois somente com as cutículas fechadas o cabelo irá ‘’segurar’’ o tratamento feito para recuperar as madeixas após a química – como nutrições, hidratações e reconstruções. Uma vez feitos regularmente tais tratamentos e normalizado o pH dos fios com produtos específicos, os cabelos poderão recuperar o condicionamento, a maciez, o movimento e o brilho.